sexta-feira, 29 de maio de 2015

:: Resenha :: Filha da floresta _ Juliet Marillier


Titulo: Filha da floresta ( trilogia SevenWaters vol;1)
Autora: Juliet Marillier
Editora: Butterfly Editora
Paginas:606
Gênero:Literatura fantástica,literatura neozelandesa
Formato: físico











Sinopse:

O domínio de SevenWaters é um lugar remoto,estranho e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas,alem dos sábios druidas,que deslizam pelos bosques vestidos com seus mantos...

Passado no crepúsculo celta da velha Irlanda,quando o mito era lei e a magia uma força da natureza,esta é a  historia de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho,o soturno Lord Colum,e dos seus seis amados irmãos, vitimas de uma terrível  maldição que somente Sorcha é capaz de  quebrar.Em sua difícil tarefa,imposta pelos Seres da floresta, a jovem se vê dividida entre o dever,que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte,e proibido pelo guerreiro que le prometeu proteção.











A historia é contada por Sorcha a caçula de sete irmãos e se passa em SevenWaters,uma aldeia no meio de uma floresta densa e de difícil acesso protegida por seres da floresta.

O povo de SevenWaters vive em harmonia com a floresta,respeitando e usando seus recursos com sabedoria, raízes de uma crença antiga e por causa dessa crença o povo de SevenWaters esta em guerra com os  Bretões que tomaram uma ilha sagrada aos irlandeses.

Lorde Colum pai de Sorcha comanda a aldeia e os exércitos nas campanhas de guerra é um homem rígido que perdeu toda a alegria com a morte da esposa e nem mesmo os filhos amenizam essa perda ao contrario só faz com que se lembre ainda mais de ter perdido a amada.

Só encontra razão na guerra,matando e torturando  os inimigos.

Os filhos mais velhos seguem os passos do pai mas Fimbar não acredita que um homem mereça morrer apenas por ser Bretão e passa a resgatar e levar em segurança para fora da aldeia os prisioneiros de Lord Colum.

Um dos resgatados é Simon que está tão ferido que Fimbar o leva até uma caverna onde o padre Briem mora e auxilia os aldeões com tratamentos médicos e espirituais.

Os ferimentos de Simon vai alem dos físicos e ele rejeita o tratamento do padre.

Padre Briem não vê alternativa a não ser pedir a ajuda da Sorcha que apesar da pouca idade tem conhecimentos de ervas que o padre desconhece.

Mesmo sendo hostilizada Sorcha insiste no tratamento que começa a dar resultado ao ponto de Simon desenvolver uma certa dependência dela,infelizmente Sorcha tem que voltar as pressas para a aldeia quebrando sua promessa de não abandonar Simon ate ele estar totalmente curado.

No caminho para a aldeia Sorcha fica sabendo do casamento do pai com lady Oonagh, uma mulher que ninguém sabe quem é,de onde vem e o que quer,tem a voz mansa gestos gentis e postura educada que não esconde sua presença maligna.

Lady Oonagh vai usar de poderes mágicos para interferir na união dos sete irmãos,uma união que vai alem dos laços fraternais,  uma união magica.

Durante um ritual os irmãos são surpreendidos por Lady Oonagh e são presos em uma maldição, apenas Sorcha consegue escapar e seguindo as instruções da Dama da floresta vai ter que cumprir algumas tarefas para libertar seus irmãos.

Durante o tempo em que cumpre sua tarefa Sorcha é levada contra a sua vontade para terras inimigas,uma terra em que o povo só acredita naquilo que pode ver, os seres da floresta não tem poder ali.
Sorcha vai descobrir que nem todos os Bretões são frios e bárbaros e que a maldade e a bondade não precisa de magica para se manifestar.

Tenho um irmão que é um líder nato e outro que é adepto de mistérios muito mais antigos que seu povo pode imaginar.Tenho também um que é um guerreiro destemido e outro que as criaturas da natureza consideram como amigo.E um irmão cujo o sorriso cativa até os pássaros nas arvores .E logo voltara a sorrir."Enquanto o fio arrebentava mais uma vez eu o emendava,com espinhos penetrando os meus dedos como fios de ferro em brasa,eu dizia a mim mesma"tenho um irmão que sabe curar o espirito e doa a si mesmo até ficar sem forças.E vocês,o que tem alem de mãos lisas e  finos bordados?

Sorcha é uma menina linda e delicada e mais forte que todos os irmãos, vai passar por situações que vai faze la duvidar de sua força e em outras deixa la dividida.









Filha da floresta foi pra mim um livro especial de  diversas maneiras,primeiro que foi o primeiro fruto de uma parceria com editora, depois por ser  literatura fantástica mas tendo como tema central o relacionamento familiar.

A fantasia,a magia é ponto forte mas não predominante nas ações dos personagens.

Exemplo disso é a passagem em que Sorcha é levada a terras as inimigas,ela acredita que sera mantida prisioneira e torturada assim como os prisioneiros do seu pai,afinal os bretões sempre foram descritos como frios e cruéis.



O livro me lembrou um conto de fadas sombrio,com direito a princesa,feitiços,seres mágicos,madrasta má,até um espelho sinistro.
Só depois li a nota da autora e vi que o livro foi baseado em um conto dos irmãos Grimm.


Com diálogos e cenários perfeitos,com personagens intensos, narrativa impecável,capa linda  e boa diagramação Foi uma leitura emocionante.

 Ao terminar fiquei segurando junto ao peito,minha vontade era que ele se  fundisse a mim e eu nunca mais esquecesse essa experiencia.
Só uma palavra define Filha da floresta,perfeito, simplesmente perfeito

Termina e algumas questões ficam em aberto,creio que vão ser respondidas nos próximos volumes,nada que interfira no intendimento da historia.                                              


                                                                                                                                             editorabutterfly 










Janaína Silva:
Janaina Silva "Todas as noites eu sonhava que caia em um buraco e era um buraco tão fundo que parecia não ter fim.E de tanto cair acabei por perceber que eu não caia...eu voava!Meus olhos determinam onde meus pés podem chegar e meus sonhos dizem que posso ir além"Facebook